Menu de Baco – Lasanha de berinjela

Aqui em casa, como você já deve ter percebido, somos bons de garfo e comemos de tudo. Mas a berinjela (ou beringela – dizem que as duas formas estão corretas!) nunca foi um dos nossos vegetais favoritos.

Algumas caponatas depois… a berinjela passou a fazer parte da nossa cozinha e desenvolvemos amor. Essa receita é fácil (não precisa empanar e fritar a berinjela) e muito boa para as noites frias.

jun05-lasanhaberinjela

Receita de Lasanha de Berinjela
(4 porções)

– 1 berinjela grande
– 400g de carne moída
– 250g de passata ou 1 lata de tomates pelados
– 1 taça de vinho tinto
– 1 cebola
– 2 dentes de alho
– folhas de manjericão
– sal e pimenta do reino (moída na hora) a gosto
– azeite
– 250g de mussarela
– parmesão para gratinar

Comece fazendo o molho: refogue a carne com a cebola e o alho. Tempere com o sal e a pimenta e acrescente o vinho tinto e a passata. Junte as folhas de manjericão e cozinhe por cerca de 30 minutos, em fogo baixo (vá colocando um pouco de água, se necessário).

Corte a berinjela em fatias de carca de 0,5 cm. Tempere com um pouco de sal, pimenta e um fio de azeite. Grelhe os pedaços dos dois lados, para dar uma leve tostada (pode ser numa chapa ou numa frigideira bem quente). 

Monte a lasanha com camadas de molho, berinjela grelhada e mussarela. Cubra com o parmesão ralado e um fio de azeite e leve ao forno para gratinar. Sirva bem quente.

jun05-lasanhaberinjela1

Essa lasanha pode ser servida como prato principal ou como entrada (acompanhada de pão italiano). Para harmonizar, um bom vinho tinto (os italianos ou vinhos com boa acidez sempre acompanham bem os pratos com molho). Pode ser uma opção fácil e deliciosa para fazer bonito no Dia dos Namorados.

Nós harmonizamos com um vinho brasileiro, feito pela Vinícola Geisse: o Vinhedos Hood Pinot Noir. Delicioso!!

Beijos,

>> Veja aqui outros Menu de Baco

2 comentários sobre “Menu de Baco – Lasanha de berinjela”

  1. Caros amigos,
    Hoje é o segunda vez que faço essa maravilhosa receita e ficou uma delícia. Acho que o ponto alto é o “copo de vinho” na carne moída, faz toda a diferença.
    Obrigado pelas dicas.
    Abraço,
    Renato

    1. A gente sempre faz essa receita aqui em casa, Renato.
      O vinho no molho faz toda a diferença mesmo!

      Bjos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *