Paris, a capital mundial da gastronomia… Paraíso dos amantes da culinária… São tantas opções de restaurantes e comidas espetaculares, que a gente sempre fica perdido na hora de decidir o que comer.

Só uma coisa é certa, estando eu Paris, eu preciso comer um Entrecôte com Fritas. Tudo bem, podem me julgar!! Mas, sabe aquela comida que te deixa feliz? Então… é isso!

Eu adoro aqueles restaurantes tradicionais, que servem a salada de folhas verdes com molho de mostarda e nozes e o delicioso entrecôte com o molho secreto de mil ingredientes, com “frites à volonté”.

Como não estamos mais em Paris (infelizmente!), testei uma versão caseira. E não é que ficou interessante?

set04-entrecoteefritas

Receita de Entrecôte com Fritas (2 pessoas)

– 400g de entrecôte ou contra-filé (2 bifes grandes com cerca de 2 cm de altura)
– Sal e pimenta do reino a gosto
– 2 colheres de sopa de manteiga
– Sálvia, tomilho, alecrim, salsa e cebolinha a gosto, bem picadas
– 1 dente de alho amassado
– 2 colheres de sopa de mostarda Dijon
– 1/2 taça de Jerez (ou vinho branco)
– 100ml de creme de leite
– 3 batatas Asterix
– Óleo para fritar

Lave bem as batatas, seque com papel toalha e corte em palitos (não precisa tirar a casca). Para que fiquem crocantes e sequinhas, a fritura deve ser em duas etapas. Primeiro aqueça o óleo e frite-as, sem deixar dourar. Retire e escorra. Reserve. Na hora de servir, frite novamente no óleo bem quente, somente para ficarem douradas e crocantes.

Numa frigideira grande, coloque uma colher de manteiga e doure os entrecôtes, temperados com sal e pimenta do reino. Retire-os, mantendo aquecidos, e faça o molho. Coloque na mesma frigideira mais uma colher de manteiga, as ervas e o alho. Junte o Jerez e deixe evaporar o álcool. Junte a mostarda e misture bem. Por fim, coloque o creme de leite e deixe ferver. Sirva sobre os entrecotes, acompanhados das fritas.

Dica: Se preferir, faça as batatas rústicas, assadas no forno. Ou então use as batatas palito congeladas (não é pecado nenhum!), que podem ser fritas ou assadas. 

Para harmonizar, nada mais justo que vinho francês. Provamos o prato com os dois vinhos da linha Les Amis, o Borgonha e o Bordeaux, importados pela Expand.

Ambos harmonizaram muito bem, mas é lógico que eu preferi o Borgonha! 😉

Bisous e au revoir!